Posted in:

Saiba como a fita de treinamento suspenso melhora o coração de idosos

O Brasil está passando por um processo de envelhecimento populacional desde meados do século XX. Aos poucos, a natalidade no país cai, a expectativa de vida aumenta e o número de idosos cresce. É claro que essa transição é gradual, mas se torna mais rápida a cada ano que passa. Para compreender bem, a porcentagem de idosos no Brasil chegava a 2,5% da população total. Nos anos seguintes ela deu um salto, chegando a 8% em 2000. Estima-se que o país terá, até 2030, 19% da população formada por idosos.

Só existe um problema: a população envelheceu, mas não de forma saudável. O aumento da expectativa de vida ao nascer não veio acompanhada de medidas preventivas de saúde durante toda a vida. A população idosa no país ainda é desamparada pelos sistemas de saúde público e sofre com os efeitos de uma vida inteira de sedentarismo e maus hábitos alimentares.

Por isso, as causas de morte atualmente estão fortemente relacionadas a problemas cardiovasculares. Em 1990, as mortes por causa dessas doenças já passavam de 50% na população idosa. Hoje, o problema está ainda mais acentuado. A OPAS (Organização Pan-Americana de Saúde) estima que cerca de 17 milhões de pessoas morreram de ataque cardíaco em 2016.

O pior de tudo é que pelo menos 80% dos casos poderiam ser evitados através da adoção de hábitos de vida saudáveis. Temos aqui um importante problema na população idosa: a prevalência de problemas do sistema circulatório que aumentam a probabilidade de morte.

Importância da atividade física para idosos

Como mencionei anteriormente, quase todos os problemas do sistema cardiovascular podem ser prevenidos através de bons hábitos de vida. Agora quero que você tente adivinhar um hábito essencial que boa parte da população idosa não possui. Se você pensou em prática de atividades físicas, estava certo!

Nossa população em geral é sedentária. Apesar do culto ao corpo tão exagerado nos dias de hoje, muita gente não consegue dedicar 1 hora do dia para treinar (nem que seja só um pouquinho). As pessoas preferem recorrer a remédios de emagrecimento e dietas malucas ao invés de praticar um algum tipo exercício.

Obviamente, esses hábitos sedentários continuam até a terceira idade. Porém, idosos não devem ser sedentários ou correm sério risco de desenvolver doenças. Entre elas, estão patologias musculoesqueléticas como a osteoartrite de quadril, dor lombar, etc.

O sedentarismo é um fator de risco para o desenvolvimento de muitas doenças crônicas comuns na terceira idade. Diabetes, excesso de colesterol, problemas hormonais, obesidade e, também, doenças cardiovasculares. Um idoso que não pratica exercícios pode eventualmente desenvolver um problema cardiovascular.

Por isso a atividade física é tão importante nessa faixa etária. Se conseguirmos incentivar essa prática e torná-la segura para esses alunos, conseguiremos melhorar a qualidade de vida e, até mesmo, prevenir algumas das principais causas de morte em idosos no país.

Agora quero fazer uma observação: conseguimos fazer isso muito bem usando a fita de treinamento suspenso!

Vantagens de usar a fita de treinamento suspenso

Já falei bastante do treinamento funcional e suspenso para a população idosa aqui no blog. Exercícios em suspensão são especialmente benéficos porque proporcionam um treino seguro e motivador para essa faixa etária. Além disso, a fita de suspensão nos traz um elemento de instabilidade bastante interessante.

Uma das principais características do treinamento suspenso que interessam idosos é o pequeno impacto que esses exercícios exercem sobre a articulação. Sabe o que isso significa? Mesmo quem já tem problemas musculoesqueléticos consegue praticá-los.

Podemos inclusive utilizar o treinamento suspenso como parte do protocolo de tratamento dessas doenças. Os exercícios realizados na fita de treinamento suspenso conseguem proporcionar:

  • Fortalecimento muscular;
  • Melhora no equilíbrio;
  • Melhora na propriocepção;
  • Melhora no condicionamento cardiovascular.

Conseguimos perceber que o treinamento suspenso é uma modalidade excelente para a terceira idade que tem grande potencial de ajudar essa faixa etária. Quem pratica exercícios suspensos consegue preservar a independência e movimentos funcionais.

Também conseguimos ajudar idosos a alcançarem um condicionamento cardiovascular muito superior ao de indivíduos sedentários. Mas falaremos mais a respeito disso no próximo tópico!

O treinamento melhora a capacidade cardiovascular de idoso

Para conseguirmos realmente entender por que usar a fita de treinamento suspenso para idosos, ainda devemos entender mais um fator. A falta de condicionamento cardiovascular e os consequentes problemas nesse sistema não surgem do nada.

Eles estão fortemente relacionados ao peso do indivíduo, seu estado nutricional, quantidade de massa muscular e de gordura no corpo. A composição corporal é importantíssima para avaliar o estado de saúde do idoso. Quanto mais massa gorda, por exemplo, maiores as probabilidades de desenvolver doenças crônicas.

Aí temos mais um problema com a população idosa. Na terceira idade as pessoas passam por um processo chamado de sarcopenia. Isso significa a perda de massa muscular, que prejudica o sistema musculoesquelético e o corpo de forma geral. Com menos músculos no corpo, o organismo também consome menos gordura. Por isso, muitos idosos tendem a ter um aumento de massa gorda.

Por causa das características específicas do envelhecimento precisamos fornecer um treinamento de força muscular e aeróbico para conseguir realmente melhorar suas condições físicas.

Um estudo com idosos identificou que o treino de força e aeróbio com a fita de suspensão foi bastante benéfico para essa população. Na pesquisa, os idosos do grupo de treinamento conseguiram ganhos de capacidade cardiovascular similares aos obtidos em outros estudos com treinamento funcional.

A atividade física com fita de treinamento suspenso consegue melhorar todas as habilidades funcionais do indivíduo idoso. Isso inclui a capacidade cardiovascular, força muscular, propriocepção, equilíbrio, entre outros.

Conclusão

Indivíduos na terceira idade precisam de um ótimo programa de treinamento para conseguirem ter boa saúde. Só devemos lembrar que eles possuem algumas dificuldades que muitas vezes os fazem desistir completamente de treinar.

Em primeiro lugar, boa parte dos idosos têm medo de quedas e lesões. Por isso, eles evitam atividades que consideram perigosas. Por isso sugiro inserir a fita de suspensão nas suas aulas. Ela proporcionar um trabalho completamente seguro, apesar de incluir instabilidade.

Além disso, conseguimos trabalhar as capacidades cardiorrespiratórias desses indivíduos, melhorando muito sua qualidade de vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *