Posted in:

Método Abdominal Hipopressivo: conheça o novo curso da VOLL que vai revolucionar suas aulas

método abdominal hipopressivo

Trabalhando com reabilitação acabamos encontrando aqueles alunos com disfunções difíceis de tratar. É fácil de entender por que tantas patologias e desequilíbrios existem. O estilo de vida atual incentiva uma vida sedentária, sem movimento e com uma péssima alimentação. Nosso trabalho com profissões relacionadas ao movimento é corrigir as disfunções biomecânicas e incentivar uma mudança de vida.

Mas será que só alterar os padrões de movimento é o suficiente? Existe um outro problema importante que a maioria não se lembra: as pressões internas do corpo também são alteradas por este estilo de vida. Acredite, boa parte dos seus alunos possuem pressões intracavitárias aumentadas.

Estou aqui hoje para mostrar a vocês um método que será fundamental no seu atendimento. O método abdominal hipopressivo (MAH) é o novo curso da VOLL Pilates e também uma maneira eficiente e segura de normalizar as pressões intracavitárias do corpo. Através dele conseguimos complementar o tratamento de diversas patologias. Venha conhecer!

O que é o Método Abdominal Hipopressivo (MAH)?

método abdominal hipopressivo curso

Durante o curso o aluno aprende maneiras de normalizar a pressão intratorácica e intra-abdominal. Conseguimos aplicar essa normalização de pressões para fins terapêuticos em nossas aulas para tratamento de diversas patologias.

Nos módulos do curso você aprende também sobre:

  • Funcionamento das pressões intracavitárias do corpo;
  • Biomecânica do diafragma;
  • Funcionamento da sinergia abdomino-pélvica.

Essas informações são essenciais para quem deseja oferecer um atendimento completo, global e eficiente para o aluno. Se você estava se perguntando com quais tipos de aluno poderia aplicar o MAH te falo agora: com todos. Podemos usar o método hipopressivo para trabalhar com:

  • Hérnias;
  • Pré e pós-parto;
  • Incontinência urinária de esforço;
  • Refluxo;
  • Queimação;
  • Problemas posturais;
  • Dor lombar;
  • Outros.

Profissionais que já trabalham com esses problemas e patologias têm no MAH o complemento ideal para o tratamento.

O curso possui dois módulos presenciais ministrados por professores especializados da equipe VOLL. Os outros dois módulos são online, cada um com aulas exclusivas da Janaína Cintas, que pesquisou o método por anos para aplicá-lo em seus pacientes e alunos.

O instrutor formado no método abdominal hipopressivo (MAH) consegue inserir o método em suas aulas de Treinamento Funcional, Pilates e outras modalidades. Ele também é capaz de ministrar aulas exclusivas do MAH com grupos maiores.

Quem pode fazer o curso?

Profissionais formados ou estudantes de fisioterapia ou educação física e atuam com movimento nas suas atividades profissionais.

Quais resultados consigo ao aplicar o método?

O uso da hipopressiva em aula é bastante benéfico para o aluno. Com ele você consegue ter uma evolução clara do paciente com patologias ao mesmo tempo que promove o fortalecimento e definição do seu corpo.

O método abdominal hipopressivo é especialmente útil em aulas que promovem uma contração do Core ou Power House como o Pilates. Apesar de serem ótimos métodos, eles podem levar a um aumento nada desejado da PIA em pacientes que já têm essa pressão aumentada. Ao inserir as posturas da hipopressiva na aula o instrutor consegue normalizar a pressão e evitar um aumento crônico da PIA e suas consequências.

Como faço para comprar?

O curso já está disponível para compra a partir da página de compra no link. Corra já que as quantidades de vagas são limitadas. Aproveite para conseguir agregar valor a suas aulas e mostrar aos alunos resultados verdadeiros.

O curso MAH oferece um certificado que te ajuda a se destacar da concorrência e material de estudo exclusivo. Aprenda tudo que precisa para aplicar esse método com embasamento teórico em estudos científicos modernos. É uma grande oportunidade que você não pode deixar passar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *